Posted on 16:59 No comments
“Quando nos mudamos a West Virginia, justo antes do ultimo ano da escola, acreditava que uma vida chata me esperava, na qual nem sequer teria internet para atualizar meu blog literário. Então conheci meu vizinho, Daemon. Alto, bonito, com uns olhos verdes impressionantes… e também insuportável, arrogante e malcriado. Mas isso não é tudo. Quando um desconhecido me atacou, Daemon congelou literalmente o tempo e me confesso que não é de nosso planeta. Sim, você leu bem. Meu vizinho é um alienígena sexy e insuportável. Resulta que, além disso, ele e sua irmã têm uma galáxia de inimigos que querem roubar seus poderes. E, se isso fosse pouco, agora minha vida corre perigo pelo simples fato de viver juntos deles.”



Eu já tinha escutado vários comentários elogiando esse livro e sempre fiquei curiosa em relação a sua história, principalmente por ter uma enorme quantidade de fãs que torcem para que o livro seja publicado no Brasil (o que aliás vai acontecer, confira aqui). Mas como se tratava de uma história que envolvia alieníginas, fiquei meio receosa de ser algo muito viajante e sem nexo. Mas eu estava extremamente errada e a leitura foi muito gostosa. A autora faz com que pensemos nos extraterrestres como seres humanos e não como criaturas do mal. Até os vilões pareceram mais humanos que outra coisa.
A história gira em torno da Katy que se muda com a mãe para uma cidade pequena em West Virginia e decide se enturmar com a vizinhança, e por isso acaba conhecendo os irmãos Daemon e Dee. Daemon com as palavras da própria protagonista: “Rosto bonito. Corpo bonito. Atitude horrível. Era a Santíssima Trindade dos garotos gatos”. Já a Dee é aquela típica garota linda, sensível e prestativa. Ela logo vira amiga da Katy. Porém, seu irmão não gosta dessa amizade e implica muito com a protagonista. No começo isso é bem irritante porque não sabemos quais são as razões dele para não gostar dela e eu acabei ficando com medo de ser um daqueles grandes clichês insuportáveis em que o casal ficaria se implicando por no máximo uma semana e logo depois já estariam morrendo de amores, mas felizmente esse não foi o caso.
A Katy é uma personagem maravilhosa, completamente sem mimimi, engraçadíssima e que tem um blog para falar sobre livros!! Sim, isso mesmo que vocês leram: ela é apaixonada por livros, tem como não amá-la? Impossível kkk 
O livro é muito bem escrito, fluido e de leitura bem agradável. Os diálogos do livro são muito engraçados, e repletos frases inteligentes, sarcásticas e engraçadas em grandes doses, me sinto em casa com livros assim. Eu AMEI todos os personagens, eles deixaram uma impressão bem forte, mesmo aqueles que aparecem muito pouquinho, porque eles tiveram diálogos tão marcantes que não tem como esquecê-los.
Obsidian é apenas o primeiro livro da saga Lux (são seis livros - Obsidian, Onyx, Opal, Origin e Opposition; e há um prequel: Shadows), então não tem como esperar uma trama mirabolante já na introdução. Este primeiro livro tem apenas a intenção de desenvolver o relacionamento de Katy com a Dee, com o Daemon (FRUSTRAÇÃO), com os outros alienígenas e com as pessoas da cidade e, também, nos oferecer um gostinho de como a história se desenrolará com a introdução aos Lux, ao Conselho dos Anciãos dos Lux, aos Arum (alienígenas inimigos do Lux) e ao Departamento de Defesa dos EUA.
Espero que vocês gostem desse livro tanto quanto eu!!












0 comentários:

Postar um comentário