Posted on 17:24 6 comments
“Você já sentiu vontade de tocar em algo que sabe ser proibido? Já teve o desejo irresistível de experimentar alguma coisa que sabe não ser socialmente ou eticamente correto? Tão proibido e ao mesmo tempo tão desejável que poderia destruí-la?” Não precisou mais do que um olhar para que entendesse que não tinha mais volta. Ela pertenceria a ele. Quando Melissa Simon iniciou o estágio como substituta da secretária executiva do CEO do grupo empresarial C&H Medical Systems, nunca imaginou no que estava se metendo. Robert Carter, líder e maior autoridade dentro da empresa seria o seu chefe. Não bastou mais do que um olhar para que Melissa entendesse que não tinha mais volta. Ela pertenceria a ele. Mas não sabia o que encontraria pela frente. Um jogo intrigante de sedução e descobertas, onde o amor é a única carta proibida. A entrega impensada a prazeres nunca antes sentidos e a certeza de que nada mais será como antes. Robert Carter é o chefe e ele estará no comando. Melissa Simon é a estagiária e estará disposta a obedecer às regras. Juntos eles descobrirão que sexo, prazer e amor, nunca mais serão a mesma coisa. Função CEO é uma deliciosa trilogia, onde o amor nem sempre é o melhor caminho.

Função CEO - A descoberta do Prazer é o primeiro livro da trilogia Função CEO. A história foi, primeiramente, uma fanfic e agora virou livro. No livro somos apresentados à Melissa Simon e Robert Carter. Ela é formada em economia e acabou de ser contratada para estagiar como secretária substituta do CEO da C&H MEDICAL, Robert. Ele é um CEO exigente e competente, todos os seus funcionários o respeitam ao ponto de ter medo dele, exceto Melissa. A química dos dois explode no primeiro olhar. Mel é inocente e, por vezes, tenta esconder o desejo que sente pelo patrão, sem sucesso. Ele sabe o que quer e sabe que pode ter o que quer, então ele investe pesado em seus desejos, e Mel é um deles.
Uma coisa que vem se tornando muito comum livros desse gênero e que me incomoda muito é a banalização do amor. Não é a primeira vez que eu reclamo disso em um livro aqui no blog e é realmente chato ler um livro onde os personagens se olham e já estão se amando enlouquecidamente, sem nem ao menos se conhecer direito, em Função CEO não é diferente a atração ente Robert e Mell é logo de cara, a primeira vista, não tem aquela coisa de descobrir, conviver, conquistar. 
Outra coisa que me incomodou foi seguir aquele mesmo roteiro, que já está chato, de uma estagiaria e um CEO, onde o mocinho é desumanamente lindo, bilionário, possessivo e controlador, e a mocinha se acha sem graça, submissa e não tem personalidade, o leitor não cria empatia por ela. 
O trabalho de diagramação esta bem legal, mas tem algumas falhas de revisão que me desconcentraram um pouquinho, muitos erros ortográficos e um uso excessivo de vírgula que acabam atrapalhando a leitura. A historia é razoável e a Tatiana escreve bem, a leitura é fluída e bem descritiva, mas o livro não conseguiu me instigar a ler, na verdade, chegou a uma parte da leitura que já estava bem chata e eu pensei em desistir.
Dizem que tem continuação (Função CEO - A descoberta do amor), mas sei lá não fiquei instigada a continuar. Enfim, eu não gostei muito do livro, mas isso não quer dizer que você não vá gostar. Leia se esse for o seu estilo, caso não seja, provavelmente você não vai gostar.











6 comentários:

  1. Não gostei da trilogia! No primeiro, as informações deixaram a desejar...creio que por ser uma fan fiction teve problemas de desenvolvimento de enredo. O segundo, foi muito romântico, mas mesmo assim não me convenceu. No terceiro, a autora despejou uma tonelada de informações que poderia ter dissolvido nos dois primeiros. A vilã ficou mais como uma forma de pressão psicológica só aparecendo de forma efetiva no terceiro. A mocinha, apesar do amadurecimento continuou meio idiotizada. Achei também que a autora se perdeu no mocinho da história, e me pareceu que no final do livro bem que merecia uma terapia. Concordo com você que a leitura e bem detalhada e fluida, mas no geral não me convenceu!

    ResponderExcluir
  2. aff vcs são idiotas os livros são otimos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual a necessidade de ofender pessoas que não gostaram de algo que você gostou? Existe uma coisa chamada Respeito e, é claro, cada um tem seu gosto pessoal.

      Excluir
  3. Esses livro deveriam estar na parte de pornografia e não romance!
    Incrível como essas histórias pornográficas vendem como romance, o povo e claramente iludido, esse roteiro está em todos os filmes pornográficos, mas num livro é romance!

    ResponderExcluir
  4. Gente eu amei o livro,ta que tem as vezes coisas que a pessoas nâo gosta e temos que respeitar!!!ainda não li o segundo nem o terceiro,mais vou ler,dai tiro uma conclusao melhor,pelo menos no primeiro livro eu não vi nem uma pornografia ,mais opiniões e para ser ditas,..

    ResponderExcluir
  5. Adorei o livro, estoria apaixonante, envolvente, louca. Em algumas partes fica meio chato o lenga-lenga dos personagens, mas no geral é super bom, a trilogia é D+, super recomendo!!!! #sesentindoorfãdeFunçãoCEO.

    ResponderExcluir