Posted on 19:29 4 comments
Real UglyTurner Campbell é um cretino. Eu o odeio. Mas eu não posso ter o suficiente dele. Ele canta como um anjo e fode como um demônio. Se pudesse, eu ia fugir e nunca olhar para trás, porque, para dizer a verdade, eu acho que este homem poderia ser a minha morte.
Naomi Knox é uma cadela. Eu não posso suportá-la, merda. Mas eu não consigo parar de pensar nela também. Ela se parece com um anjo e joga como um demônio. Se pudesse, eu teria uma boa foda e esquecer tudo sobre ela, mas para dizer a verdade, eu acho que essa mulher poderia ser minha última graça salvadora.


Naomi Knox é diferente de toda mocinha de livro que já li. Ela é louca, independente, forte, frágil ao mesmo tempo, tem a boca mais suja que já vi, toca guitarra, e por ser uma sobrevivente de lares adotivos, construiu seu próprio caminho, e agora tem que lutar para ficar longe de cara que mexe com seu coração e muito mais, simplesmente Turner Campbell vocalista de uma das melhores bandas de rock dos tempos... A quem ela denominou de anjo e ao mesmo tempo diabo. E ela tem razão. Turner Campbell é o vocalista mais abusado que já vi, mais por trás de muita marra e safadeza o seu grande sonho é ter uma família (isso é meigo). Turner também não teve uma infância agradável, mas hoje ele mostra quem manda, e adora infernizar a vida do seu empresário Milo. A história pelo menos no primeiro livro é em volta de uns segredos da vida de Naomi, sobre sua família adotiva, objetos estranho sendo deixados, mensagens e vídeos comprometedores de sua vida sendo expostos, segredos esses que podem arruinar a sua vida e sua carreira. No caso de Turner não se sabe se os mistérios que começam assombrar ele e seus amigos da banda sobre a morte de um amigo deles tem haver com Naomi também. Mas tudo fica muito tenso.
Vou ser sincera logo de cara: ESSE É O PIOR LIVRO QUE EU JÁ LI!! Aí vocês me perguntam o por quê? O livro tem uma linguagem beeeem chula, é repleto de palavrões desnecessários que incomodam demais na leitura. Além de ter uma história sem drama, comédia, suspense, quentura, romance... nada!. Real Ugly é o primeiro livro da série Hard Rock Roots e simplesmente narra Naomi, Tuner e os demais envolvidos na história se drogando como se fosse a coisa mais legal do mundo!
Os personagens são bem irritantes! A Naomi poderia conquistar o leitor, mas entre passar o tempo se drogando e limpando a sujeira dos outros ela se tornou muito sem graça. Já Turner, eu ainda não sei como ele sobrevive tomando de manhã, tarde e noite cerveja, fora que ele nem sempre toma banho, e não é muito meigo da parte dele dormir muito louco todo vomitado né?!
Eu passei 298 páginas me torturando e torcendo para que chegasse logo o fim. A autora faz com que o leitor fique curioso com o que acontece com Naomi no final do livro, para encorajar o leitor a ler o segundo, mas não vou encarar não! Depois dessa experiência, nada agradável, dúvido que eu vá gostar do segundo. Não indico a leitura para ninguém!!








4 comentários:

  1. Oi Leticia!!
    Menina quando comecei a ler sua resenha, jurei que você tinha amado o livro. Já estava até pensando em me aventurar nessa leitura, mas agora não vou mais... hahahha

    Beijos!
    Taty Assis

    P.s: Tem resenha nova no blog e Luxúria tbm, o livro da vez é Real da Katy Evans, vem conferir :)
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/2014/06/resenha-real.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Taty!! Pareceu mesmo que eu tinha gostado, né? kkkk Mas eu realmente não gostei e é a primeira vez que eu não indico um livro que eu li a alguém. Tenso!!
      Beijinhos!!

      Vou ver se apareço por lá!!

      Excluir
  2. Oi, eu também fiquei super desapontada com o livro e como você disse realmente usaram muitos palavrões desnecessários. Eu estava animada para ler o livro pois a personagem feminina era diferente não era frágil, nem meiga mas infelizmente foi um livro horrível, sofri pra terminar de ler.
    Você descreveu o livro perfeitamente!

    ResponderExcluir
  3. Realmente, o primeiro livro não é legal, mas o segundo começa a melhorar um pouco, Turner para +ou- com as drogas pra poder "pensar direito", mas os outros personagens continuam +ou- do mesmo jeito tbm. o melhor que eu li até agora foi o terceiro, com o Ronnie, é legal porque ele realmente tenta se "desintoxicar"(dá pra perceber isso no quarto livro, apesar dele não narrar), mas a Lola é praticamente uma alcoólatra e aparentemente não faz nada pra melhorar. O quarto volta pra Turner e Naomi, e a indecisão dela quase ta me matandooo ela diz que "amodeia" o Turner, mas age como uma completa apaixonada.
    e TODOS esses livros estão envoltos no "mistério" do primeiro
    E apesar de ter 7 livros traduzidos para o português conta a história de três casais, sendo que quarto desses livro é do Turner e da Naomi, dois do Ronnie e um do Dax.
    Naomi age como se não tivesse interessada em nada. Lola coloca uma "aura de puta" e anda só com sutiã e casaco. E pelo que eu li na sinopse, Sydey é uma stripper.
    Não são os melhores livros que eu já li, mas também não é o pior

    ResponderExcluir