Posted on 17:10 6 comments
Os 13 porquês
Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.






O que você faria se chegasse do colégio e visse uma caixa endereçada a você e sem remetente? Uma caixa cheia de fitas e, pra completar a situação, a voz na gravação é da menina por quem você era apaixonado e que cometeu suicídio a pouco tempo. Nessas fitas Hannah Baker explica os 13 porquês dela chegar cometer suicídio, uma lista, 13 pessoas, o que elas fizeram, e as consequências das suas atitudes na vida dela
.Durante a leitura de Os 13 Porquês eu tive diversas reações:: desespero pela Hannah, pena pelo Clay e, muitas vezes, muita raiva, não só daqueles que viraram as costas para Hannah, ou para aqueles que fizeram mal para a mesma, mas sim raiva da Hannah que não disse o que acontecia, que não expandiu suas emoções. Eu queria gritar com ela e mandar ela parar de se torturar, de achar que ninguém realmente se importava com ela o suficiente para salva-la, dizer que tinham pessoas que se importavam sim! Durante toda a leitura eu me vi sufocada, vivenciando a dor da Hannah, a raiva e a magoa que ela sentia. 
Os 13 Porquês, apesar de nos apresentar uma história cujo fim trágico já é observado desde a sinopse, consegue fazer com que a leitura flua com facilidade, afinal a cada página é um segredo que é descoberto.
Quando terminei de ler fiquei com a sensação de culpa pela morte de Hannah e acho que é isso que Jay Asher espera despertar no leitor: a sensação de culpa.
É uma leitura maravilhosa, simples, que lhe mostra a face de uma pessoa suicida, a face de uma pessoa que pede, implora por ajuda e não recebe essa como retorno. 
Eu acho que além de um livro muito bem elaborado, Jay acertou ao escrever essa história pois é um livro para aqueles que estão passando pelas mesmas coisas que a Hannah passara, que estão enxergando o suicídio como a melhor opção, mas também para aqueles que nunca passaram por esse tipo de situação e não entendem o que essas pessoas sentem.
Ainda mais interessante no livro é ver treze questões sobre o assunto que são respondidas pelo autor detalhadamente no final do mesmo.
E, melhor ainda, é notar que na última página do livro tem alguns endereços e telefones úteis, caso você se identifique com os sintomas de Hannah, ou seja, é mais do que uma leitura, é uma forma de auxiliar aqueles que precisam ser amparados.

"O que foi que eu fiz para você, Hannah?"







6 comentários:

  1. Tenho tanta vontade de ler esse livro! Não sei dizer o que mais me atrai nele (o fato de Hannah ter se matado? O fato de Hannah ter se matado E deixado treze motivos para as pessoas a entenderem?), mas quero ler ele há séculos. Até agora não vi uma resenha negativa, e isso só me instiga ainda mais. E eu também queria muito uma leitura mais densa do que as que eu ando tendo. :)

    http://sendoempapel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei o livro, ele realmente faz pensar e super indico!!! Se você ta atras de leituras mais densas eu indicaria: Perdão, Leonard Peacock, Como eu era antes de você e A Resposta. Todos são livros muito bons e com uma leitura mais densa!
      PS: todos tem resenha aqui no blog, caso queira conferir!!
      Beijos

      Excluir
  2. Gostaria muito de ler esse livro, mas sempre que vou compra-lo os vendedores dizem que já acabou o estoque :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Lara!! Super vale a pena ler esse livro.
      Provavelmente você vai conseguir compra-lo pela internet...

      Excluir
  3. Ei Letícia, ótima resenha!
    Quero muito ler esse livro, espero que esse ano eu consiga.
    Beijos!
    Monomaníacas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Thayná!! Obrigada, fico feliz que tenha gostado!!
      Vale a pena ler, eu adorei! Super indico!!

      Beijos

      Excluir