Posted on 13:31 2 comments
Simplesmente Ana
Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam.

Simplesmente Ana é o primeiro romance da escritora brasileira Marina Carvalho. O livro conta a história de Ana Carina Bernardes (Markov), ou simplesmente Ana, que vê sua vida mudar por completo quando descobre que seu pai é um rei e ela, uma princesa. 

Ana é uma universitária mineira de 20 anos que está cursando direito, ela adora se divertir com sua família e sua melhor amiga, mas a sua vida toma rumo inimaginável ao descobrir, pelo Facebook,  que não apenas tem um pai, mas que ela é uma princesa e que sua mãe mentiu para ambos por vinte anos. Então, embora muito cautelosa, Ana aceita o convite de seu pai, Andrej Markov, e vai passar seis meses na Krósvia um pequeno país da Europa, para conhecer suas origens e decidir assumir ou não seu lugar como herdeira do trono...


O livro tem muitas características brasileiras e uma narração muito fluida que faz com que você não consiga parar de ler. Marina fez de Simplesmente Ana um livro único exatamente por não trazer uma "mocinha" clichê, pelo contrário, Ana é decidida, inteligente, cabeça dura e engraçada, em momento algum ela faz drama por causa do fato da mãe ter mentido para ela sobre ou pai, ela começa e termina o livro sendo ela mesma, sem mudar a personalidade e ainda exaltando a nossa cultura brasileira.

Todos os personagens do livro são cativantes, desde Irina, a "secretária" do pai, até Karenina, a cozinheira do palácio, quem Ana ensinou muito da nossa culinária. Outro personagem que chama a nossa atenção é Alex, enteado de Andrej, ele não entra nos padrões do príncipe encantado. No inicio da relação Ana x Alex o clima é repleto de brigas, já que Alex desconfia que Ana só quer o dinheiro do pai, mas ao longo do livro ele percebe que está completamente errado e vivenciam cenas muito fofas. Existe também a Laika, namorada de Alex, ela é a vilã da história, mas não é do tipo máááááá, só um pouquinho (haha).

Com uma história doce, envolvente e divertida, Marina Carvalho resgata o desejo de tantas garotas de vivenciar um conto de fadas. Mas sem deixar a realidade de lado na maioria das situações, o que raramente acontece em livros desse gênero. A autora deixa portas abertas para a imaginação ao optar por ser sucinta nos detalhes dos personagens, só dando destaque para suas personalidades. 

No começo eu fiquei com receio de encontrar uma versão brasileira de O Diario da Princesa da Meg Cabot, mas esse receio logo desapareceu ao longo das paginas, apesar de terem um plano de fundo parecido: a garota comum que descobre ser princesa, os livros são distintos e garanto que o livro de Marina Carvalho merece uma chance!

Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.






2 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi Aryane! Tudo bem? O livro é bem legal sim, é leve e engraçado! Espero que você tenha oportunidade de ler e que goste!
      Beijos

      Excluir