Posted on 00:04 2 comments
Oi gente! Então, sei que todos aqui adoram Jogos Vorazes e surtaram com Em Chamas no cinema, amam Harry Potter e nunca superarão o fim da saga, choraram rios com A Culpa é das Estrelas (eu não, porque ainda não li, haha) e mal podem esperar pelo filme de Divergente. Mas quantos de vocês já leram algum clássico, seja nacional ou internacional? Eu também sou uma leitora muito voraz de "modinhas", não tenho nenhum preconceito, mas acho importante lermos clássicos também! Por isso que hoje vou trazer alguns exemplos pra vocês dos que eu já li, e quem sabe vocês não ficam com vontade de ler também? Espero que gostem!

O Morro dos Ventos Uivantes: Muitos conheceram esse livro porque ele é o favorito da Bella Swan de Crepúsculo. Eu me interessei realmente por ele quando a minha professora de literatura falou do livro e leu um trecho em uma aula sobre o Romantismo. Aluguei uma versão bilíngue na biblioteca e desde o começo me apaixonei pela história. Os personagens são muito bem elaborados e a história também. A autora consegue entrelaçar de maneira impecável três gerações diferentes numa mesma trama, tudo é feito de modo esplendoroso. É, sim, uma história de amor, mas não é nada clichê; é surpreendente e envolvente.
Dom Casmurro: Admito que não sou a maior fã do mundo de clássicos nacionais. Eu tenho um pouco de dificuldade de engatar na leitura de um livro mais antigo por causa do estilo da narrativa que eu não sou acostumada a ler. Mas Dom Casmurro deve ser o livro mais famoso da literatura nacional, e eu não podia deixar ele passar. E realmente, ele é completamente digno de todo o status que possui. O mistério de Capitu só nos é apresentado da metade pro final do livro, mas a paranoia de Bentinho é tanta, e tão absurda, que você se vê imaginando se uma pessoa é realmente capaz de pensar desse modo. Machado de Assis realmente criou uma obra magistral, que deixará pra sempre na cabeça do brasileiro a pergunta: Capitu, traiu ou não traiu?

Hamlet: Esse, na verdade, não é um livro narrado, e sim uma peça teatral. É uma tragédia que narra o jovem Hamlet buscando vingança pelo assassinato de seu pai pelo irmão, seu tio, que planejava assim subir ao trono. Não é um livro simples de se ler, existem muitas palavras que eu não sabia o significado (mas estavam anotadas no livro pela minha amiga, haha) e o texto dramático não é meu estilo preferido. Mas é um texto genial, realmente, e mesmo eu não me lembrando de detalhes da história, lembro que gostei muito!
Viagem ao Centro da Terra: Eu adoro esse livro! Tenho uma adaptação em casa que já li duas ou três vezes. O modo com que Júlio Verne criou uma viagem até o núcleo da Terra em 1864 é incrível, e você realmente fica pensando se um dia isso não seria viável. Afinal, ele conseguiu "prever" algumas futuras conquistas do homem, como o submarino elétrico, o avião e a videoconferência em outras obras. Então, por que uma viagem até o centro da Terra seria assim tão impossível? Eu adorei esse livro, e não costumo gostar de obras de ficção científica! Recomendo muito.









Categories: , ,

2 comentários:

  1. Adoro clássicos, sou apaixonada por Lucíola de José de Alencar, se um dia puder lê-lo Gabriela, leia que você não vai se arrepender, indico para todos que querem ler ou gostam de ler clássicos! Tenho O morro dos ventos uivantes, estou só esperando o momento certo para lê-lo, e adorei as dicas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela dica, se tiver a oportunidade um dia lerei o livro :)
      Sobre O Morro dos Ventos Uivantes, leia, é uma história fascinante, eu queria muito ter o livro.
      Beijos!

      Excluir